Chevrolet Cruze vai sair de linha? Devo vender meu carro agora?

Leitor é dono do sedã e pediu nossa ajuda para definir se deve ou não trocar de carro
Chevrolet Cruze 2020

Chevrolet Cruze 2020 | Imagem: Divulgação

Boa tarde, César, Guru. Vi algumas de suas respostas e finalmente descobri alguém sem meias palavras que não fica em cima do muro. Por favor, se puderes me ajudar ficarei muito grato. Tenho um Cruze Sedã 1.4 LT 2019 com apenas 10.000km. Rodo pouco. Há vários comentários nas redes sociais que ele sai de linha ainda este ano, ou muito breve. Qual a tua opinião? Vai desvalorizar muito? Devo ficar com ele por mais tempo, ou trocar por um SUV( que parece ser a moda) Seminovo ou zero? Qual o melhor na tua opinião? Somos 3 na família - pergunta enviada por Clovis 

Clovis obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Desde já agradeço por acompanhar nossa seção, espero ajudá-lo da melhor maneira possível. 

A resposta para sua dúvida, Clovis, está longe de ser simples e requer que sejam colocadas diversas variáveis sob análise para chegarmos ao desfecho mais equilibrado.

Considerando que você roda pouco e o Cruze é um modelo repleto de características positivas, faria pouco sentido você trocá-lo por outro modelo. 

A grande questão é que, de fato, não sabemos ainda por quanto tempo a Chevrolet vai manter a produção do Cruze na Argentina, uma vez que os sedãs estão abrindo cada vez mais espaço para os SUVs. Logo, a tendência é que, se você negociar o modelo enquanto ele ainda está à venda no país, suas chances de maior liquidez e menor depreciação aumentam.

Outro ponto importantíssimo diz respeito ao timing de mercado. Por conta dos reflexos da pandemia, que motivou muita gente a trocar o transporte público pelo carro particular, além do desabastecimento de carros novos no mercado, o segmento de veículos seminovos, como é o caso do seu Cruze, está "bombando". Modelos como o seu sedã atual certamente serão disputados por consumidores e lojistas, portanto é uma das melhores épocas que você terá para receber boas propostas por seu automóvel. 

Logo, eu considero que vale a pena sim você procurar uma concessionária para verificar se as condições de negociação se mostram interessantes para você, seja considerando a troca com base no Cruze ou vendendo o sedã de forma particular, o que lhe trará um retorno financeiro maior. 

Sem dúvida, como você pondera na pergunta, os SUVs hoje são a bola da vez e o tipo de carroceria deve permanecer na crista da onda por um bom tempo. 

Considerando que sua família é composta por três pessoas, um modelo como o Chevrolet Tracker de nova geração deverá atender a todos com tranquilidade. Por ser da mesma marca, talvez você encontre até uma oportunidade de compra mais favorável considerando o Cruze como parte da negociação. 

Creio que, no momento, eu escolheria um SUV novo até por conta do já citado aquecimento do mercado de seminovos, o que pode acabar inflando alguns valores. 

Em resumo, se olharmos apenas do ponto de vista racional, faria pouco sentido você trocar seu Cruze com apenas um ano de uso. Porém, pelo contexto atual envolvendo o segmento de usados, talvez seja uma das melhores oportunidades para você vender muito bem o seu Cruze atual, ainda mais considerando a iminência do término da produção do modelo. Por fim, a migração para um SUV tende a ser até natural se a ideia é preservar valor de mercado e liquidez olhando no longo prazo. 

Espero ter ajudado! 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru