Com a estreia da nova geração, vale a pena comprar um Tracker seminovo com um a dois anos de uso?

Leitor está em dúvida se adquire um Tracker 2018 ou 2019 e pediu a nossa ajuda para definir a compra
Chevrolet Tracker 2018

Chevrolet Tracker 2018 | Imagem: Divulgação

Tenho visto Tracker Premier 2018 na faixa de 83.000,00 e 2019 por 94.000,00, até, supostamente, com baixa quilometragem (menos de 15.000 e 10.000 respectivamente). Ante o lançamento dos novos modelos seria bom negócio - pergunta enviada por Carlos

Carlos obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros!

A questão pontuada por você é muito interessante e nos permite avaliar diversos pontos relevantes na escolha de um automóvel.

Se considerarmos o Tracker Premier da geração anterior em seu catálogo mais completo, chamado de "Premier 2", temos um SUV compacto bastante equipado, com destaque para recursos como 6 airbags, teto solar, controles de tração e estabilidade, alerta de colisão (sem frenagem automática), alerta de pontos cegos, rodas de liga leve aro 18", entre outros.

Trazendo para a realidade atual, o Tracker 2021 no mesmo catálogo topo de linha Premier é tabelado em R$ 112.000, portanto uma diferença não muito grande em relação aos seminovos citados aqui, mas é interessante ponderarmos que a nova geração do SUV traz melhorias muito profundas em diversos aspectos.

Do ponto de vista do projeto em si, o novo Tracker é um SUV muito mais espaçoso e acomoda com conforto seus 5 passageiros. No modelo anterior, os ocupantes da segunda fileira de assentos não tinham a mesma área livre para as pernas que observamos no veículo totalmente renovado. Além disso, o porta-malas também ganhou uma capacidade volumétrica bem melhor, aproximando-se dos 400 litros e tornando-se bem melhor para o uso familiar.

Seguindo no novo Tracker Premier, o conteúdo de equipamentos de série é parecido com o da geração anterior, porém o nível tecnológico é superior. O alerta de colisão ganhou o fundamental reforço da frenagem autônoma, por exemplo. O acabamento interno também é mais sofisticado e atual, bem como temos no novo Tracker Premier um teto solar panorâmico cobrindo uma área bem maior da porção superior do SUV.

Por fim, apesar do Tracker Premier anterior contar com um motor de maior deslocamento, no caso o 1.4 contra o 1.2 do Tracker 2021, ambos sobrealimentados por turbo, a estrutura mais moderna e leve da nova geração faz com que o SUV recém-lançado entregue desempenho no mesmo patamar, porém com um consumo muito menor. Logo, temos um ganho importante em eficiência.

Caso você considere os R$ 112.000 um valor muito elevado, você consegue encontrar o novo Tracker com o propulsor 1.2 partindo de R$ 90.500 e alcançando também R$ 99.900 no catálogo intermediário LTZ.

Portanto, mesmo que você não queira optar pela versão Premier, é possível adquirir o novo Tracker com valores praticamente iguais aos do modelo seminovo. E, certamente, o SUV que acaba de chegar ao mercado vai lhe entregar um conjunto bem mais interessante.

Espero ter ajudado!

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru