Compra com isenção de IPI: Compass Série S ou um T-Cross Highline?

Leitor vai utilizar o benefício da isenção do IPI e quer escolher entre os dois SUVs
Jeep Compass e VW T-Cross

Jeep Compass e VW T-Cross | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

César boa noite e agradeço desde já sua colaboração .Estou em dúvida em adquirir o Compass S 2021 ou o TCROSS Highline 2021 . Sou PCD e tenho desconto de IPI em 20 no Compass e 11 no VW. Ocorre que o Compass oferece apenas as cores branca e marrom e parece que ainda sofrerá repaginação em 2021. Não sei se compensa investir 141K num carro desatualizado x 106K no Tcross Highline completo. Abração - pergunta enviada por Evandro 

Evandro obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Considerando as opções selecionadas por você, creio que é mais interessante optar pelo Volkswagen T-Cross Highline. 

De fato o Jeep Compass Série S conta com um abatimento bastante superior pelo fato do IPI para veículos diesel ser maior em relação aos carros a gasolina ou bicombustíveis. Por se tratar da configuração topo de linha do modelo, o Compass Série S de fato ainda permanece caro mesmo sem a incidência do tributo, mas vale a pena destacar que estamos falando de um catálogo que entrega não só um sistema de tração integral associado a uma transmissão automática de 9 marchas, mas também temos no Compass em questão um robusto pacote de tecnologia, com destaque para o assistente de estacionamento, alerta de pontos cegos, alerta de colisão com frenagem automática de emergência, aviso de mudança involuntária de faixa, entre outros. 

A grande questão é que, pelo menos do meu ponto de vista, você já encontra no VW T-Cross Highline um carro muito competente por um preço consideravelmente menor. 

Claro que o VW em seu catálogo topo de linha não entrega recursos como tração integral ou tanta eletrônica embarcada como o Compass Série S, mas seu 1.4 TSI é extremamente eficiente, conferindo ao VW um nível de performance e eficiência ímpar entre os SUVs compactos. O T-Cross ainda conta com uma cabine ampla e confortável para 5 passageiros, só devendo um porta-malas um pouco maior (373 litros). 

No T-Cross Highline você já encontrará revestimento interno de couro, a moderna central multimídia VW Play com câmera de ré, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, painel de instrumentos digital, entre outros. Opcionalmente, o T-Cross Highline pode receber o reforço do assistente de estacionamento e os faróis full-LED. 

Por fim, teremos no ano que vem o aguardado facelift para o Compass modelo 2022. Ele vai trazer novidades estéticas pontuais ao SUV médio, sendo que, tecnicamente, não deverá ocorrer nenhuma mudança significativa para a motorização diesel. Na parte interna, entretanto, o SUV deverá receber uma central multimídia mais avançada e, talvez, um reforço em sua já competente lista de equipamentos. 

Em resumo, creio que o Compass Série S traz um nível de tecnologia muito superior, porém exige um gasto financeiro de R$ 35 mil a mais em relação ao T-Cross Highline, algo que não torna-se muito justificável a não ser que você não abra mão dos equipamentos avançados do Jeep. 

Espero ter ajudado! 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru