Bom dia César! Também sou apaixonado por carros e fiquei muito feliz em descobrir seu site, pois, na hora de investir em um bem de valor tão alto como um carro, o conhecimento é sempre nossa melhor arma. Sou o feliz proprietário de um Peugeot 208 Griffe MT 13/14 e como rodo muito em estradas já estou com 59 mil km rodados e pensando seriamente em trocá-lo, só que dessa vez por um carro com transmissão automática. Apesar de gostar muito do meu 208 me incomodo um pouco com o seu consumo que para mim com etanol fica em torno de 5 km/L na cidade e 9,5 km/L na estrada. Como rodo bastante gostaria muito de ter um carro mais econômico. Além disso, prezo bastante pelo espaço interno o que me fez pensar no Honda FIT EX que agora no modelo 2016 vem com o mesmo acabamento da versão superior. Apesar do FIT prometer um consumo e espaço interno melhor o mesmo fica devendo uma central multimídia com GPS e tenho dúvidas quanto ao desempenho do seu motor e comportamento dinâmico, que no 208 são ótimos. Outro ponto que tenho pensado é sobre a promessa da Honda em lançar o FIT com motor 1.0 turbo em 2017. Será que devo esperar mais um ano para ver se isso se torna realidade ou compensa fazer a troca agora? Fico no aguardo de sua resposta e desde já agradeço sua atenção! - pergunta enviada por Lucas

Lucas obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros! Desde já agradeço muito o elogio para o site e espero contar sempre com a sua audiência!

Em primeiro lugar, como todo fã de carros, você está muito bem informado e suas colocações são ótimas!

Se você preza por espaço interno, de fato o Honda Fit é a melhor opção. Sua arquitetura interna diferenciada, que explora muito bem o espaço destinado ao habitáculo, em conjunto com o sistema de rebatimento de bancos ULTRa, fazem dele um modelo diferenciado dentro do mercado. Não é à toa que há três gerações ele continua um sucesso de vendas.

Um dos pontos fracos do modelo, como você bem aponta, é o desempenho apenas honesto para ele. Seu conjunto mecânico formado pelo motor 1.5 16V e o câmbio CVT é muito competente no que diz respeito ao baixo consumo, porém não espere do Fit acelerações e retomadas muito vigorosas.

Com relação ao motor 1.0 turbo, a assessoria de imprensa da Honda ainda trata o assunto como uma especulação, porém já se sabe que o 1.5 turbo vai chegar ao país neste ano na nova geração do Civic e o propulsor será nacionalizado para virar flex. Como o 1.0 figura na mesma família, dificilmente a Honda o deixará de fora para o país. Caso isso ocorra, será um belo incremento para o Fit, porém isso só deverá ocorrer dentro de um a dois anos. Nesse caso vale a pena esperar sim, porém também não sabemos se um eventual Fit 1.0 turbo vai sair do papel.

Se você tiver urgência na troca do carro, Lucas, uma opção de hatch compacto automático com desempenho satisfatório e consumo não muito exagerado, é o Hyundai HB20, que ganhou transmissão com 6 marchas a partir da linha 2016. Ele tem comportamento dinâmico próximo ao do Peugeot 208, conta com central multimídia como opção, mas fica atrás no Fit quando o assunto é espaço interno.

Espero ter ajudado, Lucas!

 

César Tizo |

Pergunte para o Guru dos Carros!

As respostas nesta seção são realizadas por César Tizo, um fanático por automóveis e tudo que cerca o tema. Profissional com mais de 10 anos experiência na área, sabe que escolher um carro novo não é uma tarefa fácil e vai colocar toda sua experiência para ajudá-lo(a). Se você está em dúvida sobre algum modelo ou quer alguma indicação por faixa de preço, mande uma mensagem para o Guru dos Carros!

Vale destacar que enviando sua pergunta pelo formulário ao lado ou em nossa página no Facebook você estará autorizando a publicação da mesma de forma integral, incluindo seu nome. As opiniões sobre a escolha do carro são apenas sugestões, isentando o autor de qualquer responsabilidade sobre problemas ou outras pendências envolvendo o veículo indicado.
Nome completo*
Estado
E-mail*
Sua dúvida*
*Campos obrigatórios