Dúvida ''cambial'' envolvendo o Honda Fit usado

Leitor quer saber se vale mais a pena opção pelo monovolume com câmbio manual ou automático
Honda Fit 2011

Honda Fit 2011 | Imagem: Divulgação

Estou pesquisando um Honda Fit... o 2010, 2011 é o automático ou CVT? Vale mais a pena o automático ou o manual? - Pergunta enviada por Alexandre

Alexandre obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros!

O Honda Fit tanto nos modelos 2010 como no 2011 ainda dizem respeito à segunda geração do monovolume, portanto suas versões automáticas contam com a caixa convencional dotada de conversor de torque.

Com relação ao tipo de transmissão que vale mais a pena, aqui é interessante analisar o que é preponderante para você.

O Honda Fit com câmbio manual tende a desvalorizar mais e ter menor procura em relação ao automático, portanto você pode achá-lo por um preço mais acessível. Já o automático, por sua vez, tem a óbvia vantagem de oferecer mais conforto. Se você mora longe do trabalho, por exemplo, e tende a ficar mais sujeito a congestionamentos, é um investimento que vale a pena. O Fit automático também é o mais procurado no mercado de usados, o que facilitará sua liquidez na hora da revenda.

Independente do câmbio escolhido, o Honda Fit é um excelente modelo e, considerando as unidades que você está pesquisando, vale a pena optar pelo motor 1.4. O propulsor dá conta de movimentar o Fit com competência e não exagera no consumo.

Espero ter ajudado!

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru