Olá, sempre gostei de carros grandes, já tive fusion, cruze, s10, no momento estou com um hb20 e pretendo trocar, não quero nada Hyundai, a minha dúvida é Asx a intermediária ou renegade 2.0 diesel, parece q acho Asx estilo mais chique e feminino, aí já penso q renegare é diesel, rodo mto e viajo mto, viagens curtas, porém toda semana!!! - pergunta enviada por Adriana Oliveira

Adriana obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Percebo que você gostou do estilo do Mitsubishi ASX, que de fato tende mais para um crossover do que a robustez de um utilitário esportivo, porém considerando que você roda muito e viaja com frequência, o Jeep Renegade a diesel sem dúvida nenhuma é uma escolha mais interessante. 

A combinação entre o propulsor 2.0 turbodiesel e o câmbio automático de 9 marchas vai lhe entregar excelente autonomia e baixo consumo. Além disso, no médio e longo prazo isso inclusive vai repercutir em uma vantagem financeira para você. Na minha opinião essa combinação de motor e câmbio é a mais interessante para o Renegade, inclusive por oferecer desempenho bem melhor que o flex. 

Ao optar pelo Jeep você fará uma boa escolha! 

Espero ter ajudado! 

 

César Tizo |

Pergunte para o Guru dos Carros!

As respostas nesta seção são realizadas por César Tizo, um fanático por automóveis e tudo que cerca o tema. Profissional com mais de 10 anos experiência na área, sabe que escolher um carro novo não é uma tarefa fácil e vai colocar toda sua experiência para ajudá-lo(a). Se você está em dúvida sobre algum modelo ou quer alguma indicação por faixa de preço, mande uma mensagem para o Guru dos Carros!

Vale destacar que enviando sua pergunta pelo formulário ao lado ou em nossa página no Facebook você estará autorizando a publicação da mesma de forma integral, incluindo seu nome. As opiniões sobre a escolha do carro são apenas sugestões, isentando o autor de qualquer responsabilidade sobre problemas ou outras pendências envolvendo o veículo indicado.
Nome completo*
Estado
E-mail*
Sua dúvida*
*Campos obrigatórios