Hatches de R$ 80 mil: Argo HGT, Polo Highline ou Yaris XLS?

Leitor está em dúvida entre as versões mais completas dos hatches e pediu nossa ajuda
Fiat Argo, VW Polo e Toyota Yaris

Fiat Argo, VW Polo e Toyota Yaris | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Estou em duvida na comprar de um VW Polo Highline (com todos os opcionais), Fiat Argo hgt (com todos os opcionais) ou Toyota Yaris XLS? Qual a melhor escolha já que todos beira a faixa dos R$ 80 mil - pergunta enviada por Luiz Henrique 

Luiz obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Entre os três modelos que você cita, já começaria deixando o Fiat Argo HGT de lado na lista. 

O Argo - um hatch tão moderno quanto Polo e Yaris - é um modelo que particularmente me agrada bastante pelo bom nível de acabamento para a categoria, o espaço interno adequado para 5 pessoas e o comportamento dinâmico acertado. A grande questão é que, enquanto a Fiat não trazer para o mercado seus novos motores e câmbios mais eficientes, o Argo só é interessante em suas versões mais acessíveis, no caso com motorização 1.0 ou 1.3, e a transmissão manual de 5 marchas. O motor 1.8 16V trabalhando em conjunto com o câmbio automático de 6 marchas não consegue fazer do Argo HGT um modelo tão eficiente quanto seus concorrentes citados aqui. 

Logo, se você está disposto a chegar próximo aos R$ 80.000 na compra do seu futuro hatch compacto, creio que é mais interessante olharmos com atenção para o que Volkswagen Polo Highline e Toyota Yaris XLS tem a oferecer. 

No caso do Toyota, a versão XLS não conta com opcionais e é tabelada em R$ 81.990. De série ele conta com teto solar e 7 airbags, recursos ausentes mesmo no Polo Highline, além de oferecer também o revestimento interno de couro, controles de tração e estabilidade, central multimídia e o motor 1.5 16V trabalhando em conjunto com o câmbio automático CVT. 

Se considerarmos o Volkswagen Polo Highline completo, como você cita na pergunta, estamos falando do hatch tabelado em R$ 81.770 na cor preta (não acrescenta nada no preço) e sem considerar a inclusão do pacote opcional "Beats Sound". 

Com isso, o Polo Highline conta com um custo-benefício bem mais interessante, uma vez que por esse valor você estaciona o Polo na garagem de casa com uma central multimídia mais completa e fácil de usar em relação à do Yaris (a Toyota não oferece sistemas de espelhamento para smartphones como o Apple CarPlay e o Android Auto, por exemplo). Além disso, o Polo Highline completo traz ainda o interessante painel de instrumentos digital, rodas de liga leve aro 17", detector de fadiga, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensor de chuva, entre outros. 

Tanto no Yaris XLS como no Polo Highline completo também figuram na lista de equipamentos o acendimento automático para os faróis, ar-condicionado automático digital, chave presencial, entre outros. O Polo pode contar com 4 airbags de série, o que pode parecer pouco frente aos 7 do Yaris XLS, porém o Polo foi completamente aprovado em testes de segurança. Logo, a diferença não compromete em nada a proteção para os passageiros. 

O que pelo menos em minha opinião faz a balança pender para o lado do Volkswagen Polo Highline é a destacada eficiência de seu motor 1.0 TSI. 

Graças ao turbo e à injeção direta, o 1.0 TSI consegue entregar torque na casa dos 20 kgfm, força semelhante à de muitos 2.0 de aspiração natural e bem mais do que os 14,9 kgfm do Yaris 1.5 XLS. Com isso, o Polo Highline é um modelo mais rápido nas acelerações e retomadas que o Yaris sem exagerar no consumo, uma excelente combinação. 

Fora isso, em termos de espaço interno, conforto, porta-malas, entre outros atributos os dois modelos são bem equivalentes. 

Logo, creio que ao optar pelo Volkswagen Polo Highline você fará uma escolha mais interessante. 

Espero ter ajudado! 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru