Mitsubishi ASX ou um Chevrolet Tracker?

Leitor está em dúvida entre os dois SUVs nacionais e pediu nossa análise
Chevrolet Tracker e Mitsubishi ASX

Chevrolet Tracker e Mitsubishi ASX | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Boa noite senhor César, eu acompanho o senhor no YouTube e gostaria que me tirasse uma grande dúvida, é que eu estava interessado em pegar uma Mitsubishi ASX e colega dono de agência me informou que este veículo é uma bomba e horrível de vender. Eu gostaria de sua opinião, está marca realmente seria uma péssima escolher? Deveria pegar uma Tracker? - pergunta enviada por Joao

João obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Creio que é necessário levarmos em consideração alguns pontos para responder da melhor forma possível sua dúvida. 

O Mitsubishi ASX é um produto com várias qualidades, como o interior espaçoso e a boa robustez mecânica figurando entre algumas delas, porém é fato que sua liquidez no mercado de usados pode não ser a mesma de outros modelos nacionais mais difundidos, como é o caso da nova geração do Chevrolet Tracker. 

O projeto do Mitsubishi ASX também está longe de ser um dos mais modernos do segmento, apesar de diferenciais relevantes como a suspensão traseira multibraço, por exemplo, sendo que o SUV apenas ganhou alguns aprimoramentos visuais e estéticos com a estreia do facelift por aqui. 

De qualquer forma, creio que a escolha por um Chevrolet Tracker hoje em dia seria mais recomendável sobretudo quando analisamos a questão do custo-benefício. 

O ASX novo conta com preço tabelado em R$ 112.990. Por esse valor, você já pode optar pelas versões mais completas do Chevrolet Tracker, no caso a LTZ ou a Premier. 

Bem mais completo, o Tracker LTZ, sai de fábrica com recursos mais avançados e que estão ausentes no ASX, como é o caso do monitoramento de pontos cegos nos retrovisores. 

O Tracker não fica devendo em termos de espaço interno para o ASX, podendo acomodar muito bem até 5 passageiros. O porta-malas dos dois modelos também é equivalente, com o Tracker transportando até 393 litros de bagagem e o ASX outros 415 l. 

Além do custo-benefício mais favorável, soma a favor do Tracker os motores mais eficientes, no caso o 1.0 ou 1.2 dependendo da versão, ambos sobrealimentados. Trabalhando com o câmbio automático de 6 marchas, eles conseguem oferecer baixo consumo e desempenho mais do que suficiente ao SUV mesmo carregado. 

Logo, se você leva em consideração a facilidade de revenda do seu automóvel, creio que ao optar pelas versões mais completas do Tracker você fará uma escolha mais interessante. 

Espero ter ajudado! 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru