Para encarar ruas esburacadas: Fiat Argo Trekking ou um Chevrolet Onix Plus?

Leitor quer um modelo que passe com mais tranquilidade por vias esburacadas e pediu nossa análise
Chevrolet Onix Plus e Fiat Argo

Chevrolet Onix Plus e Fiat Argo | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Olá, preciso trocar meu veículo e, devido ao intenso uso diário por vias esburacadas repletas de lombadas e afins, surgiu o Fiat Argo trekking 1.3 como candidato, sabendo-se que anteriormente cogitei o uno way 1.3 (descartado devido espaço traseiro e custo benefício) e Onix plus 1.0 aspirado, pois o uso é 90% cidade e 10% estrada o que, seria mais interessante o consumo ao desempenho, ocorre quê, achei o Onix um carro um tanto baixo e temo não suportar a batalha diária. Enfim, Argo trekking x Onix plus aspirado, qual seria a melhor escolha (entendo perfeitamente que são de categorias diferentes, mas preciso de um carro multiuso) grato - pergunta enviada por César 

César obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Considerando que você quer um compacto mais parrudo para o uso diário, sua análise é precisa e o Fiat Argo Trekking vai lhe atender muito bem. Sem dúvida é o modelo que recomendaria para você. 

A Fiat soube criar uma versão muito interessante no caso do Argo Trekking, modelo que, inclusive, oferece altura em relação ao solo semelhante ao de muitos SUVs compactos (na faixa de 20 cm). Com isso, o hatch consegue passar por buracos, valetas e lombadas sem sacrificar tanto o conforto dos ocupantes. Ponto positivo também é que o time de engenharia da Fiat conseguiu preservar o bom comportamento dinâmico do hatch mesmo com a suspensão mais elevada.  

Pode parecer um detalhe, mas um ponto importante do Argo Trekking para favorecer sua robustez na selva urbana fica por conta dos pneus de uso misto 205/60 R15. Mais resistentes, eles também proporcionam melhor aderência em vias não pavimentadas. 

O Argo Trekking 1.3 manual tornou-se ainda mais interessante a partir da linha 2021 ao sair de fábrica com os controles de tração e estabilidade, recursos muito importantes pensando na segurança ativa. Tabelado em cerca de R$ 70 mil, o hatch ainda conta com um pacote de itens de série bem equilibrado, sendo composto por central multimídia, trio elétrico, ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, sensor de estacionamento, entre outros. 

O Onix Plus, por sua vez, tem outras vantagens intrínsecas ao seu projeto, como o porta-malas maior. Vale destacar que o modelo tem um nível de segurança superior ao sair de fábrica com 6 airbags em complemento aos controles de tração e estabilidade. No Argo Trekking temos apenas duas bolsas infláveis obrigatórias por lei.  

No quesito consumo, o Onix Plus 1.0 aspirado manual é imbatível, inclusive ele é o carro não eletrificado mais econômico do país hoje em dia. Suas médias oficiais ficam em 14,3 km/l na cidade com gasolina e impressionantes 17,7 km/l na estrada com o mesmo combustível. A carroceria três volumes, naturalmente mais aerodinâmica, e o câmbio de 6 marchas fazem diferença, além do motor moderno e eficiente. 

O Argo Trekking 1.3, por sua vez, entrega ótimo desempenho graças ao seu propulsor com maior deslocamento, mas suas médias de consumo ficam em 12,1 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada com gasolina. Nesse ponto, muitos itens que tornam o Argo Trekking mais valente na cidade, como a altura em relação ao solo maior e os pneus de uso misto, acabam cobrando a conta no consumo. De qualquer forma, são escolhas que você precisa fazer de acordo com as qualidades que deseja encontrar em seu próximo automóvel. 

É fato que o Argo Trekking pode não ser tão econômico quanto o Onix Plus, mas ao volante do Fiat você terá uma experiência de condução bem mais relaxada, sem precisar se preocupar tanto com os buracos e lombadas pelo caminho, algo que é a sua prioridade no momento. 

Espero ter ajudado! 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru