Primeiro carro: Fiat Argo Trekking, VW Polo 1.6 ou Toyota Etios X Plus?

Leitor deseja um automóvel para ficar por volta de 5 anos e pediu nossa análise
Toyota Etios, Fiat Argo e VW Polo

Toyota Etios, Fiat Argo e VW Polo | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Primeiro carro para ficar por uns 5 anos ou mais: Fiat argo trekking 1.3 manual 2021 (seria o Drive se tivesse ESP), vw polo msi 1.6, manual ou Toyota etios x Plus 1.5 manual 2021? - pergunta enviada por Cícero

Cícero obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Antes de tudo parabéns pela escolha consciente e mais do que elogiável de considerar apenas veículos equipados com os controles de tração e estabilidade. Os recursos são fundamentais do ponto de vista da segurança ativa e ajudam a conferir bem mais tranquilidade ao volante. 

Considerando os três hatches escolhidos por você, temos o Fiat Argo Trekking 1.3 manual e o Toyota Etios X Plus 1.5 manual tabelados em exatos R$ 64.490, enquanto o VW Polo 1.6 MSI manual custa R$ 70.850. 

Apesar do VW ter a vantagem dos 4 airbags de série, já o colocaria de lado por conta da alta diferença de preço em relação aos representantes de Fiat e Toyota. 

A disputa, com isso, fica bastante interessante quando levantamos os pontos positivos de Argo Trekking e Etios X Plus. 

Em especial para você que considera ficar com o carro por um período mais elástico, pesa a favor do Toyota o fato da garantia de fábrica totalizar 5 anos, o que lhe rende mais tranquilidade com o modelo. Além disso, o Etios conta com manutenção barata e acessível e sua versão X Plus traz um bom pacote de itens de série, com destaque para central multimídia, rodas de liga leve aro 15", entre outros. Seu motor 1.5 16V também é muito eficiente e forma uma boa dupla com a transmissão manual de 6 marchas, uma caixa muito rara de se encontrar no segmento. 

O Etios, contudo, deverá sair de linha em breve por conta de sua proposta contar com baixa aceitação hoje em dia, algo que pode ser visto em seus números de emplacamentos caindo a cada ano. Concebido tendo como premissa o baixo custo, o modelo deve um design mais trabalhado e um acabamento interno melhor, apesar da boa qualidade de montagem. 

Nesse ponto, o Fiat Argo Trekking parece uma escolha mais interessante em especial para quem deseja ficar mais tempo com o carro. 

A versão aventureira do Argo conta com ótima aceitação, o que certamente lhe trará mais liquidez na hora da revenda. Apesar da transmissão convencional, com as tradicionais 5 marchas, o motor 1.3 presente no hatch é muito competente e oferece ótimo desempenho ao modelo com baixo consumo. 

Além de contar com central multimídia de série, o Argo Trekking conta com alguns diferenciais que podem trazer algumas facilidades para o dia a dia, como a maior altura em relação ao solo. Com isso, você tem um carro mais confortável para encarar buracos, lombadas e valetas dos grandes centros urbanos e ainda pode se deslocar com mais desenvoltura em estradas de chão batido.

O Fiat deve as rodas de liga leve (podem ser adquiridas em um dos dois pacotes opcionais para o modelo), mas traz como reforços em sua lista de itens de série o sensor de estacionamento, pneus de uso misto, barras longitudinais de teto, pintura bicolor, entre outros itens. Ponto positivo também para o acabamento interno bem cuidado do modelo. 

Logo, considerando um leque maior de variáveis, creio que ao optar pelo Fiat Argo Trekking você estaciona na garagem um modelo equilibrado, moderno e que pode lhe atender muito bem no longo prazo. 

Espero ter ajudado!

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru