SUVs médios: comprar um Peugeot 3008 ou partir para outro modelo?

Leitor está em dúvida sobre qual versão do Peugeot escolher ou se deve considerar a aquisição de outro modelo na mesma faixa
Peugeot 3008 2018

Peugeot 3008 2018 | Imagem: Divulgação

Grande Guru, cara me ajuda quero sair do Hatch médio, tenho um I30 2015 que adoro, era fã da Hyundai CAOA, devido ao excelente pós venda, coisa que perdeu depois da briga das empresas e o interesse da CAOA em investir na Chery. Pois bem estou interessado em comprar um Peugeot 3008, mesmo com os preços absurdo de 179 a 199 mil que está hoje, você acha valores abaixo disso, pergunto tenho o valor para comprar o Peugeot 3008, vale a pena descer de categoria e investir em um Allure, ou você iria de Griffe PAck? Será que vou ter um pós venda igual a CAOA prestava? Com esse valor você compraria um 3008 ou iria para um outro carro, não precisa ser SUV, mas qual você iria entre 160 a 190 mil? XC40 seria uma opção, mas tem muitas reclamações do desgastes prematuros de freios, já o 3008 2018 em diante são poucas reclamações. OBrigado, ajuda ai! abçs - pergunta enviada por Leandro 

Leandro obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Começando pela primeira parte do seu questionamento, creio que, se o orçamento permitir, vale a pena sim partir para a configuração mais completa do Peugeot 3008 sobretudo pelo avançado pacote de tecnologia. Conhecido como ADAS (Advanced Driver Assistance System), ele reúne recursos como o Active Safety Brake (alerta de colisão com frenagem automática), correção e alerta de Permancência em faixa, detector de fadiga, farol alto com comutação automática, leitor de sinalização de velocidade, controlador de velocidade adaptativo, sistema ativo de vigilância de ponto cego, entre outros. Portanto, é um pacote que incrementa consideravelmente o nível de segurança para motorista e todos os passageiros. 

Sobre a questão do pós-vendas, a Peugeot Citroën está investindo muito nos últimos meses para melhorar sua imagem por aqui no que diz respeito a esse atributo, em especial porque voltará a dedicar mais atenção ao país. Muito em breve chegará ao Brasil a nova geração do 208 e a Citroën também promete uma ampla renovação de sua gama local. 

Vi que você valoriza muito o cuidado com o atendimento na hora das revisões e em um eventual auxílio mecânico para o carro, logo seria interessante você considerar algumas opções da gama Toyota.

A fabricante japonesa segue muito bem avaliada em quesitos de pós-vendas e, entre os SUVs médios, tem no RAV4 uma excelente alternativa.

O modelo pode não oferecer o mesmo interior envolvente de um Peugeot 3008, mas tem como pontos fortes a elevada eficiência de seu conjunto propulsor híbrido e a oferta de tração integral, recurso ausente no Peugeot. Um ponto que merece ressalva no RAV4 fica por conta do preço, sendo que hoje ele parte de R$ 217.990 na versão de entrada S Connect.

Caso você aceite um modelo com carroceria sedan, outra ótima pedida dentro da gama Toyota recai para o Corolla Hybrid.

Além de oferecer um interessante conjunto propulsor híbrido flex - não tão avançado quanto o do RAV4, mas ainda muito eficiente - ele é bem mais acessível. No catálogo Altis Hybrid o Corolla custa R$ 134.990, atingindo R$ 142.490 na versão Altis Hybrid Premium com equipamentos como teto solar e o Toyota Safety Sense, que engloba o alerta de colisão com frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo, entre outros itens. 

Optar por um carro híbrido também traz algumas vantagens. Além de economizar combustível e emitir bem menos poluentes na atmosfera, quem tem o carro registrado na capital paulista pode reaver 40% do valor integral do IPVA e ficar isento do rodízio. Na capital fluminense, é oferecido desconto de 1,5% na alíquota do imposto sobre a propriedade de veículos automotores. 

Por fim, Leandro, creio que até R$ 200.000 outro veículo que vale a pena você fazer um test-drive e analisar se ele lhe agrada ou não é o Volkswagen Tiguan Allspace.

Hoje em dia o SUV em seu catálogo topo de linha R-Line está tabelado em R$ 203.490, mas é possível encontrar o SUV nessa versão com valores promocionais na rede de concessionárias.

Contam a favor do VW o vigoroso desempenho proporcionado pelo motor 2.0 turbo, a presença do sistema de tração integral permanente, além da versatilidade dos 7 lugares.

O Tiguan R-Line é mais comedido no visual, mas traz o nível de acabamento interno correto e que se espera encontrar em um modelo dentro da categoria, além de recursos como o piloto automático adaptativo e o alerta de colisão com frenagem automática. 

Logo, creio que ao optar por um desses modelos reunidos acima você estaciona na garagem de casa um excelente automóvel. 

Espero ter ajudado!

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru