Tracker 1.2 Premier, T-Cross Highline completo ou aguardar o VW Taos?

Leitor pede nossa análise sobre o cenário acima considerando versões completas dos SUVs
Volkswagen T-Cross, Chevrolet Tracker e Volkswagen Taos

Volkswagen T-Cross, Chevrolet Tracker e Volkswagen Taos | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

2 perguntas...Entre Chevrolet Tracker 1.2 Premier ou Volkswagen T-Cross Highline 1.4 com pacote Beats e pacote teto qual melhor? E entre carros VW qual melhor VW T-Cross 1.4 com configuração q citei acima ou novo VW Taos Highline completo? Sendo q valores próximos acho eu... - pergunta enviada por Davis 

Davis obrigado por enviar sua pergunta e participar do Guru dos Carros

Começando pela primeira pergunta, creio que o Chevrolet Tracker topo de linha desponta como uma pedida mais equilibrada em relação ao T-Cross Highline com os pacotes de tecnologia e estilo. 

Claro que o T-Cross Highline tem o diferencial do desempenho superior proporcionado por seu motor 1.4 TSI com 150 cv, contudo seu preço sugerido de R$ 142.310 (levando em conta a cor sólida Preto Ninja sem custo adicional) torna-se, ao menos em minha opinião, elevado demais para a categoria na qual o T-Cross está inserido. 

Vale ponderarmos que o Tracker Premier 1.2 traz praticamente todos os recursos do T-Cross Highline completo e hoje é tabelado em R$ 126.830 (cor Azul Eclipse sem custo extra). Estamos falando de uma generosa diferença de R$ 15.480 entre os dois modelos. Além de já contar com teto solar panorâmico e o assistente de estacionamento, o Tracker Premier 1.2 acrescenta ainda o monitoramento de pontos cegos, carregador de smartphones por indução e o importante alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência como itens de série, todos recursos ausentes no T-Cross. 

O T-Cross Highline pode ser melhor na performance, mas o Tracker 1.2 turbo também é um modelo que não desaponta do ponto de vista dinâmico, portanto o Chevrolet entrega um custo-benefício muito mais equilibrado. 

Sobre a segunda parte de sua pergunta, considerando o valor que o T-Cross Highline pode atingir hoje em dia, creio que o VW Taos Highline com todos os equipamentos disponíveis deverá atuar em uma faixa bem acima dos R$ 150 mil (aproximando-se dos R$ 160 mil), portanto estamos falando um salto financeiro ainda mais considerável. 

É importante você ter em mente que o Taos vai se diferenciar do T-Cross e do Tracker sobretudo pela cabine mais espaçosa e o porta-malas maior. Logo, é primordial para que você tome a decisão de optar pelo futuro SUV médio da VW apenas se Tracker e T-Cross não lhe atenderem em termos de espaço (ou você tenha preferência por carros com porte maior).

Em resumo, o Tracker Premier 1.2 oferece um excelente conjunto, alto nível de equipamentos e preço equilibrado para quem deseja um veículo bastante completo em termos de recursos de tecnologia. Seria interessante você partir para o T-Cross Highline apenas se você não abre mão de um desempenho muito superior frente aos rivais. Na mesma linha, o Taos só deve ser considerado como uma alternativa caso a questão da cabine ampla e o porta-malas com capacidade volumétrica maior forem indispensáveis para você. 

Espero ter ajudado! 

 

 

Pergunte para o Guru dos Carros!

Tem uma dúvida a respeito de um veículo que está interessado? Envie sua questão para o Guru!


Clique no botão abaixo e acesse o formulário.

Pergunte para o Guru